sobre

Luciano de Sampaio Soares

Nascido em 5 de fevereiro de 1981 na cidade de Curitiba – Paraná

Retrato enquadrando apenas o rosto do Professor Luciano de Sampaio Soares

Antes de tomar rumo pelas artes e pela comunicação iniciou uma graduação – pouco depois de deixar o movimento escoteiro do qual participou na adolescência, no Grupo Escoteiro do Mar Amigo Velho, em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) que não chegou a concluir, mas que o tornou um fã ardoroso dos trilobitas com os quais trabalhou enquanto estagiário no laboratório de paleontologia do departamento de Geologia da universidade.

Ao largar a Biologia entrou meio que por acaso no curso de Tecnologia em Artes Gráficas com ênfase em Produção Gráfica do então Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-PR) – atualmente Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – onde além das atividades acadêmicas e estágios, também participou ativamente do grupo coral da instituição. Concluiu o curso em abril de 2009 com o trabalho Autoria e Editoração do Guia Prático de Fotografia Pinhole. Entre 2009 e 2014 manteve o blog ⨪ agora extinto – Lente Aberta, onde discutia diversos temas relacionados às linguagens, à história, e à técnica da fotografia. No blog também criou o Lente Aberta Fotocast, podcast sobre fotografia premiado em 2009 como melhor podcast de fotografia na opinião do público.

Após formado passou por diversas atividades no mercado, atuando como webdesigner, designer gráfico, produtor gráfico, consultor de instalação de equipamento gráfico, revisor de textos, tradutor de inglês/português, e produtor de conteúdo para websites como Baixaki/Tecmundo, Chaves na Mão, Zoom, entre outros, e principalmente como fotógrafo artístico e comercial.

Passou a atuar na docência inicialmente na Escola Portfolio de fotografia com os módulos de história da fotografia e fotografia preto-e-branco em 2009-10, e sendo aprovado como professor substituto no Instituto Federal do Paraná (IFPR) em 2011, onde lecionou diversas disciplinas para os cursos técnicos integrado e subsequente em Processos Fotográficos e subsequente em Produção de Áudio e Vídeo. até 2013. Em 2013 também cursou especialização no uso de TICs na Educação – Teoria e Prática na Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR).

Entre 2014 e 2015 cursou o mestrado em Comunicação e Linguagens na Universidade Tuiuti do Paraná, com pesquisa sobre o Recompartilhamento de Imagens e Performance em Sites de Redes Sociais: percepções sociossemióticas sobre a Apresentação de Si no Facebook. Ainda em 2015 iniciou-se na docência do ensino superior nas turmas de Produção Multimídia, Publicidade e Propaganda, e Design do FAE Centro Universitário, além de se tornar vice-campeão brasileiro de Carcassonne.

Em 2016 foi nomeado docente do ensino superior da Universidade Federal de Rondônia, onde atua até hoje no curso de Jornalismo em disciplinas envolvendo principalmente comunicação visual, como design gráfico e diagramação, história da arte, e também de tópicos específicos da comunicação social. A partir de fevereiro de 2021 também é um dos colunistas da Revista de Bamba.